Serviço Social Salário Mínimo do Cargo – Tabela Salarial

O serviço social possui salário mínimo, porém, a tabela e o piso salarial podem variar conforme a sua formação.

Em todo caso, quem trabalha com o serviço social, precisa profissionalizar- se em assistente social. Com isto ele atua com a função de defender os direitos humanos assim como ter acesso sobre as políticas sociais como saúde, educação, previdência social, assistência social e cultura.

O trabalho de um assistente social serve para a população que possui baixa renda, desta forma é possível trabalhar os seus direitos, diante disso, quem atua como serviço social pode fazer:

  • Planejamento, execução e coordenação de programas e projetos sociais;
  • Estudos e pesquisas sobre a realidade social;
  • Elaboração de pareceres sociais;
  • Análise, diagnóstico e proposição de políticas sociais;
  • Assessoria e consultoria de instituições públicas e privadas, organizações não governamentais e movimentos sociais;
  • Orientação de indivíduos e grupos quanto aos seus direitos sociais;
  • Realização de avaliação socioeconômica de indivíduos para acesso a benefícios e serviços sociais;
  • Ensino e pesquisa em instituições de ensino superior;

Atualmente os órgãos públicos municipais, estaduais e federais das áreas de saúde, assistência social e previdência social são aqueles que empregam os assistentes sociais (serviço social) diante disso, para exercer esta profissão é necessário cursar a graduação em Serviço Social e obter o registro no Conselho Regional de Serviço Social do estado onde trabalha.

Salário Mínimo do Cargo Serviço Social

Salário Mínimo Serviço Social - Tabela Salarial
Estes trabalhadores não possuem um piso salarial unificado, porém, existe um projeto de lei em tramitação, o PL 5278/2009, que garante fixar o piso salarial de assistentes sociais em R$ 3.720,00 para uma jornada de 30 horas semanais.

Em todo caso, o Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) possui uma referência para cobrança de honorários de assistentes sociais que trabalham sem vínculo empregatício (consultoria, assessoria e parecer social, entre outros). A Tabela Referencial de Honorários de Serviço Social (TRHSS) fixa o valor mínimo a ser cobrado para Hora Técnica de acordo com a formação do assistente social:

  • Assistente Social com graduação: R$ 105,62 (a hora técnica)
  • Assistente Social com especialização: R$ 118,62 (a hora técnica)
  • Assistente Social com mestrado: R$ 149,49 (a hora técnica)
  • Assistente Social com doutorado: R$ 169,00(a hora técnica)

Média Salarial Serviço Social

Quem é formado em serviço social trabalha como assistentes sociais no setor público, segundo o Conselho Federal de Serviço Social. Diante disso, a média pode variar devido à titulação, tempo de experiência, área de atuação, especialidade, órgão onde está empregada a localização.

Um exemplo é um concurso da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), finalizado em julho de 2014, ofereceu salário inicial (antes de gratificações e adicionais) de R$ 3.282,93 para 180 horas mensais de trabalho. A prefeitura de Osasco (SP) abriu concurso para assistente social com salário inicial de R$ 3.553,83 para jornada de 30 horas semanais.

Já no site de empregos Catho divulga a média salarial nacional e o piso salarial pode variar conforme cargos ocupados por assistentes sociais na iniciativa pública e privados. Seguem alguns exemplos:

  • Conselheiro Tutelar: R$ 1.272,17;
  • Assistente Social: R$ 2.268,82;
  • Consultor de Responsabilidade Social: R$ 2.311,81;
  • Analista de Responsabilidade Social: R$ 2.733,51;
  • Analista de Serviço Social: R$ 2.901,33;
  • Orientador Sócio Educativo: R$ 1.275,57;
  • Coordenador de Projeto Social: R$ 3.559,96;
  • Coordenador de Responsabilidade Social: R$ 4.843,12;
  • Gerente de Responsabilidade Social: R$ 7.387,27;

14 comentários em “Serviço Social Salário Mínimo do Cargo – Tabela Salarial

  1. Trabalhar como assistente social, e muito bom. Tenho vários
    Amigos que trabalha nessa aérea. Eu ano que vem vou me entregar ao algum curso.
    Adoro trabalhar ajudando as pessoas.

    1. Faço graduação de serviço social amo o que faço porém o trabalho do assistente social “ajudar as pessoas” e sim garantir os direitos conforme esta na lei. pois ajuda é algo que fazemos sem salario.

      1. Carolina Estevao
        Meu bom dia, nesta manhã de 17 de Agosto de 2017.

        Lendo sua descrição a respeito da profissão do profissional Assistente Social, tenho de ressaltar que Não “garantimos” de modo algum nenhum direito a ninguém que seja.
        Pois o trabalho de um Assistente Social, consiste em mediar formas que levem o usuário a refletir diante da situação a qual está vivendo, para que ele mesmo possa tomar suas decisões a respeito do quadro. Jamais “Aconselhamos” pois não somos “Conselheiros”. Desta forma relacionamos meios que possam contribuir para minimizar as expressões sofrida por este usuário, portanto não garantimos “Direito” , e quem garante Direito é a nossa Constituição Federal, que garantira vários direitos e obrigações dentro da nossa Sociedade.
        Portanto devemos nos precaver antes de mencionar que profissionais Assistente Sociais “Ajudam” e “Garantem” .
        Ressaltando mais uma vez que a História do Serviço Social é permeada até os dias atuais esse “falso pensamento errôneo” sobre as pessoas “acharem” que os Assistentes Sociais ajudam, muito pelo contrário, isso vem da época onde a Igreja Católica demandava sobre as moças e damas de caridade, onde prestavam seu auxilio as famílias,e a quem precisasse, porém nesta época assim como hoje muitas pessoas confundem muito esse preceito entre Ajuda e Profissionalismo. Caridade e ajuda qualquer um pode fazer, sendo ou não profissional.
        A diferença consiste naquele que possui Graduação em Serviço Social, ou seja o profissional Assistente Social, graduado exerce sua função dentro de uma Instituição por exemplo, e em troca de sua função dentro da Instituição a qual é atender os usuários e quem chegar, não podemos negar atendimento a ninguém, independentemente de posição financeira, se essa pessoa é do bairro… coisas deste tipo ou não. Devemos atender a todos. E em contrapartida recebem pelo trabalho prestado, ou seja profissionais assalariados. Portanto não fazemos e nem exercemos nada além do que o nosso trabalho, dentro do nosso ambiente de trabalho. A medida disto, somos pagos, supostamente podemos encerrar dizendo que a medida que vendemos nossa força de trabalho, somos assalariados por isto.

        Espero ter contribuído um pouco com vocês,
        Sou estudante do 4º semestre de Serviço Social da Universidade Unip do Estado de São Paulo.
        Qualquer dúvida, estamos a disposição
        A certeza que fica é a seguinte. A todo instante pensamos que sabemos de tudo, mais a certeza mesmo é que morreremos apreendendo até mesmo depois de tudo isso!

  2. Marlene, acho que seus amigos que são assistentes sociais não lhe explicaram o que realmente o profissional faz, o serviço social já não é mais filantrópico a muito tempo, o termo “ajuda” não é apropriado, não estudamos quatro horas para dar cestas básicas ou qualquer outra coisa, vendemos nossa força de trabalho, para garantir os direitos humanos e constitucionais dos nossos usuários. mais acima nessa mesma postagem explana uma parte do que os profissionais fazem.

    1. Louise Sharon fiz questão de enviar essa mensagem para te parabenizar, também sou ASocial e sofro com comentários que ainda remetem ao tempo das damas de caridade, o que você fez foi nobre, quando orientamos as pessoas a respeito do que realmente faz parte do nosso curriculo , promovemos a quebra de alguns paradigmas e a valorização de nosso trabalho. Que bom que existem pessoas como você, remar sozinha não é fácil.

  3. Boa tarde! Eu amo trabalhar com pessoas. E o curso de serviço social tem me enchidos os olhos, mas é claro que tenho tido preocupação com área de atuação. Tenho tido preocupação com o mercado de trabalho. Tem grandes oportunidades de emprego?

    Obrigado!

  4. estou fazendo o curso de serviço social mais,ja sei que nossas funções não e fazer doações mais sim fazer valer os direitos dos usúarios, mais são muitas as pessoas que não tem essa informação oque realmente e um assistente social estou amando meua curso e cada dia tenho certeza que isso que quero pois ja precisei de um profissional e vie quetao grande e sua importancia para a sociedade.

  5. Eu vou começar minha graduação em serviço social dia 20 de fevereiro 2017,estou muito feliz ,mais conheci uma pessoa que se formou em 2015 e está trabalhando como repositora em um super mercado,ela mim contou que não consegui um emprego na área,eu fiquei preocupada.O que vcs mim dizem sobre ?

  6. Comecei agora a fazer o curso ,já sei que assistência social não é assistencialismo,porém acho sim que precisa ser quebrado esse paradigma em afirmar que não é ajuda,temos sim que mostrar e encaminhar as pessoas a terem acesso aos seus direitos ,mais acho que podemos intervir com nossa sensibilidade e ajudar ,ir além .Uma fase de minha vida eu pensava em fazer psicologia ,aí me disserem que psicologia e religião não andam junto,aí eu desisti,até acredito que psicologia e religião não combine,mais acho que da sim para um psicólogo falar de Deus,acredito sim que isso ajudaria muito na recuperação do pasciente, é claro respeitando o indivíduo , se a pessoa diz que é ateu convicto temos que respeitar.Enfim vou fazer o curso ,vou respeitar as regras mais vou praticar o assistencialismo sim,se formos esperar só os órgãos competentes em determinados casos será tarde de mais.E aclaro que não irei conseguir ajudar todo mundo,mais farei o possível.

  7. Muito boa sua colocação Louise entendi que o foco dá profissão está na garantia de Direitos. Mas o que gostaria de pontuar é que lidamos com situações bastante conplexas, que muitas vezes esbarram na precariedade de recursos e de intervenções nem sempre satisfatórias.
    Acho que ainda não temos remuneração a altura das atribuições que desempenhamos.

  8. sou aluno dessa nobre graduação, que é serviço social .e estou apendendo a cada dia a ossa importância no mercado de trabalho e na vida do usuário do nosso serviço, e pretendo ser um grande assistente social

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *